template-img-noticia-sibe-wfcp-sibe-werner

 

Entre os dias 23 e 27 de setembro, Vitória recebeu o Congresso Mundial WFCP 2016 – um encontro mundial de colégios tecnológicos, organizado pelo Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica – CONIF; pelo Instituto Federal do Espírito Santo – Ifes; e, claro, pela WFCP. Prezando sempre pela integração entre ensino e mercado, em um intercâmbio constante de conhecimentos, a STEINBEIS-SIBE do Brasil participou ativamente do evento.

Durante o WFCP, tivemos a oportunidade de dar mais um passo em nossa parceria com o CONIF, realizando a validação do mapa estratégico junto aos reitores dos institutos federais, já presentes para o evento. Assim, encerramos mais uma etapa do projeto e nos preparamos para a próxima: a formulação dos indicadores estratégicos.

Peter Dostler, Diretor-Executivo da STEINBEIS-SIBE do Brasil, foi quem conduziu os trabalhos junto ao CONIF. Ele também esteve à frente de uma palestra que reuniu todo o colegiado da Reditec: diretores de campi, reitores e pró-reitores – uma plateia com mais de 700 integrantes. Peter ressaltou a importância da rede federal e os desafios que esta encontra. Em especial, como desenvolver um trabalho em rede e criar um ensino que fortaleça a vocação industrial, trabalhando inovação ao estabelecer uma interação forte entre o trinômio empresa-mercado-academia.

Não foi apenas a STEINBEIS-SIBE do Brasil que colaborou com o WFCP 2016, porém. A mesa-redonda que coroou o evento contou com a participação do Prof. Dr. Werner Faix, fundador da SIBE, vinculada à Universidade Steinbeis. Para debater o papel da educação profissional no século XXI, nomes como Robert Cowen, Domenico De Mais e Deborah Yungner se uniram a Faix.

A Paraíba será a sede da próxima edição da Reunião dos Dirigentes das Instituições Federais de Educação Profissional e Tecnológica (Reditec), em 2017.